Afinal o que prende o nosso Olhar?

2014.AGO

A comunicação, a publicidade, o design e os pontos de venda são idealizados e organizados com o intuito de captar a atenção do observador, de direcioná-lo para um ponto ou objeto específico.
Desengane-se quem pensa que o primeiro sítio para onde dirigimos o nosso olhar é pensado ao acaso, que não há uma motivação por trás disso.

Quais os focos de destaque duma página?
Bem, na realidade quando o usuário visualiza um website, tende geralmente a dirigir o seu olhar para as imagens e para os títulos de destaque, colocando de parte a restante informação.

Mas há exemplos concretos disso?
Claro que sim. Por exemplo, quando nos encontramos no motor de pesquisa do Google, as cinco primeiras listas são as retidas pelo nosso globo ocular. Ou ao vermos uma página do facebook, aquilo que tem um primeiro impacto são as fotografias presentes. Caso vos colocassem a ler um artigo com muita informação no “The New York Times” em que é que reparariam primeiro? Os vossos olhos seriam automaticamente encaminhados na direção das figuras e das palavras-chave. Quanto mais informação e “rúido” de fundo um website apresenta, maior é a probabilidade de vocês dispersarem ou até mesmo de o fecharem logo nos primeiros segundos.

Pode-se dizer que o ser humano é regido por um conjunto de hábitos e rotinas, que reage a diferentes estímulos e que apesar de ter pensamentos e uma identidade própria, mantém uma base comum com os seus semelhantes. E é esta mesma base, que serve de auxílio na forma de se fazer comunicação, que chama a atenção e direciona o olhar do usuário para um determinado foco de interesse.

Achou esta informação útil? Aposto que agora sempre que abrir um website, ou vir uma publicidade vai questionar-se: “Qual foi o primeiro sítio para onde os meus olhos olharam?”

Fonte: Business Insider - Heatmaps Reveal Where People Really Look